Poda


Apesar do entendimento de que a poda é uma agressão, esta se faz necessária principalmente pela falta de planejamento na introdução da arborização urbana.

As incompatibilidades geradas com o mobiliario muitas vezes levam o indivíduo arbóreo a rivalizar com outros elementos presentes no meio urbano, tais como cabeamentos, tubulações, calçadas, etc.

Desta forma, a falta de gerenciamento no tratamento da arborização urbana acaba gerando, na maioria dos casos, perda ambiental, ou até mesmo a inevitável supressão do individuo.

Vale ressaltar que as podas da vegetação urbana são executadas desde a formação até a morte da planta, quando correções se fazem necessárias para a manutenção da integridade da mesma e inserção no ambiente urbano.

A SECONSER apenas executa serviços de poda na cidade de Niterói. As solicitações para poda e supressão de indivíduos arbóreos são feitas somente pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SMARH, localizada na Rua Visconde de Sepetiba, n°987, Centro, Niterói, CEP 24.020-206, ou pelo telefone da Ouvidoria Municipal – 3523-8404.

Decálogo da Árvore

01. In dúbio pro arbor – na dúvida, não corte a árvore!
02. Árvore não nasceu para ser podada. Poda somente quando necessário e o mínimo necessário. Não aceitar motivos “fúteis”, tais como: fezes de morcego, queda de folha, a árvore cobre a vista, etc.
03. Usar técnica adequada de corte – machado e facão nem pensar!
04. Usar técnica adequada para extirpar erva-de-passarinho e outros parasitas.
05. Sempre inspecionar ocorrências de infestações.
06. Preservar o valor estético da copa.
07. Garantir o equilíbrio do indivíduo arbóreo.
08. Estar sempre preparado para dar informação adequada à população sobre os motivos e critérios da poda.
09. Manter cadastro e registro das intervenções.
10. Prioridade e critérios especiais para árvores notáveis.